Nosso Rio


O Rio Paranapanema

Um dos mais importantes afluentes da margem esquerda do rio Paraná, o rio Paranapanema nasce na vertente ocidental da Serra de Paranapiacaba, no município de Capão Bonito, interior de São Paulo e está inserido na bacia do Alto Paraná.


O rio Paranapanema possui uma extensão de, aproximadamente, 600 Km, dos quais cerca de 330 Km formam a divisa natural entre os Estados de São Paulo e Paraná a partir da foz do rio Itararé na parte superior de seu curso.

Ao longo de sua extensão, com orientação geral leste-oeste, o Paranapanema possui um desnível aproximado de 500 metros. Por causa deste desnível e de sua localização, o aproveitamento do rio para a geração de energia elétrica se iniciou em 1958 com a construção da usina de Salto Grande, no curso médio do rio.

Atualmente, o rio Paranapanema possui 10 usinas hidrelétricas em operação, o que transformou seu curso original em uma sucessão de de reservatórios justapostos, fato que não foi nada bom para a biodiversidade da ictiofauna (peixes e demais organismos aquáticos).

Há dois tipos de reservatórios ao longo do rio, ou seja, reservatórios de acumulação (UHE Jurumirim, UHE Xavantes e UHE Capivara) e de fio d'água (as demais UHEs existentes no rio).

As usinas do rio Paranapanema são:

UHE Jurumirim
UHE Piraju I
UHE Paranapanema
UHE Xavantes
UHE Salto Grande
UHE Canoas II
UHE Canoas I
UHE Capivara
UHE Taquaruçu
UHE Rosana


Fonte: Sandro Britto in "Peixes do rio Paranapanema" (2.003)